Ernesto Fraga para o Ministério das Relações Exteriores

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou pelo Twitter a indicação do embaixador Ernesto Fraga Araújo para o cargo de ministro das Relações Exteriores de seu governo.

Diplomata há 29 anos, Araújo é diretor do Departamento de Estados Unidos, Canadá e Assuntos Interamericanos do Itamaraty.

Repercussão
Em nota, o Sindicato Nacional dos Servidores do Ministério das Relações Exteriores (Sinditamaraty) saudou a escolha de Araújo. “A entidade se coloca à disposição para colaborar no enfrentamento dos desafios da política externa brasileira e na modernização das relações de trabalho em prol de todos os servidores do ministério”, comentou a entidade, desejando êxito ao futuro ministro.

Ernesto Araújo: “Quero ajudar o Brasil e o mundo a se libertar da ideologia globalista. Globalismo é a globalização econômica que passou a ser pilotada pelo marxismo cultural. É um sistema anti-humano e anticristão”.

A organização não-governamental Observatório do Clima divulgou uma nota, nesta quinta-feira, chamando de “estarrecedora” a escolha do embaixador Ernesto Araújo como ministro das Relações Exteriores . Segundo a entidade, as posições assumidas pelo diplomata em artigos e outras publicações de sua autoria podem fazer do Brasil um” anão diplomático e um pária global”. (O Globo)

O novo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, teria sido uma indicação de Olavo de Carvalho. Em seu Facebook, Olavo afirmou no dia 3 de novembro que considera “Ernesto Araújo o brasileiro mais qualificado para ser ministro das Relações Exteriores”. (BR-18)

Ernesto Fraga para o Ministério das Relações Exteriores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.