A espetacular resposta de Cristovam Buarque para o escritor petista, Fernando de Moares

ESCR

Fernando Morais, escritor de sucessos como “Chatô” e “Olga”, se envolveu em uma polêmica com o senador Cristovam Buarque (PPS/DF).

Fernando Morais afirmou:

“Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o “premio manuel bonfim”, atribuído ao meu livro “Chatô, o rei do Brasil”. Já pedià Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio“.

Resposta de Cristovam Buarque:

“Fernando Morais mostra como para o PT não há diferença entre partido, governo e estado. Não fui eu que dei o prêmio, foi o Governo do DF, selecionado pelo mérito de seu maravilhoso livro. Mas ele acha que foi uma bolsa-escritor. Porque,para ele, não há diferença entre partido-governante-governo-estado. Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia”  aqui)

O PETISTA VAI DEVOLVER A MEDALHA. MAS NÃO FALOU EM DEVOLVER OS R$ 10 MILHÕES DE REAIS QUE RECEBEU DE PRÊMIO

FONTE: O Implicante.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial