Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Estado de Direito e Estado de anarquia

 

“USE AS ARMAS DOS CANALHAS”
A LEI EXISTE PARA SER CUMPRIDA E DEVE SER PARA TODOS. NINGUÉM ESTÁ IMUNE AS LEIS. ISSO QUANDO ESTAMOS EM UM ESTADO DE DIREITO.
SE ALGUÉM DESCUMPRE A LEI, NÃO DEVEMOS FAZER O MESMO. DEVEMOS RECORRER A JUSTIÇA PARA QUE O DELIQUENTE SEJA PUNIDO E OS DANOS SEJAM RESSARCIDOS.
A PARTIR DO MOMENTO QUE A SUPREMA CORTE DO PAÍS RASGA A CONSTITUIÇÃO, EXTINGUI-SE O ESTADO DE DIREITO.
CUMPRIR A LEI EM DISPUTA COM BANDIDOS PROTEGIDOS POR QUEM DEVERIA PUNILOS, É FICAR EM UMA DESVANTAGEM COVARDE, INJUSTA. E SER FEITO DE BESTA E SER CAPACHO DE BANDIDOS.
NUNCA PODEREMOS DERROTAR A INJUSTIÇA E O INIMIGO.
NESSE CASO ELES SEMPRE VÃO USAR OS RIGORES DA LEI CONTRA NÓS, MAS A LEI NUNCA SERÁ APLICADA CONTRA ELES. ISSO É ESTADO DE ANARQUIA.
QUANDO UM PAÍS CHEGA A TAL PONTO. (ESTAMOS PERTO DISSO) ACONTECE A DESOBEDIÊNCIA CIVIL. CADA UM QUE FAZ SUA “PRÓPRIA LEI”, ATÉ QUE SE POSSA DERROTAR O INIMIGO E VOLTAR AO ESTADO DE DIREITO.

JORGE RORIZ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.