Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Estudo encontra 7,6 milhões de erros em lista de vacinados no Brasil

7,6 milhões erros foram encontrados no cadastro de vacinados por Covid-19 no Brasil segundo estudo do projeto ModCovid19, formado por um pool de universidades do país e financiado pelo Instituto Serrapilheira e pelo Ministério da Ciência e Tecnologia. As informações são do R7.

O número oficial do vacinômetro do Ministério da Saúde apontava que 55.960.152 pessoas haviam tomado ao menos uma dose de imunizantes contra o coronavírus até esta sexta-feira (21). Mas, segundo o estudo, o número verdadeiro é 48.391.538. Ou seja, 7,57 milhão a menos.

O professor Krerley Oliveira, coordenador do Laboratório de Estatística e Ciência dos Dados da UFAL (Universidade Federal de Alagoas), membro do ModCovid19 e do Observatório Covid BR, explicou que inúmeros erros aconteceram no cadastro ou na transferência de dados do sistema que não permitem considerar essas aplicações.

Os erros são variados e assustadores. Um cidadão de São Paulo, por exemplo, tomou, segundo o DataSUS, 21 mil vezes a vacina contra a Covid-19. Outra pessoa teria sido vacinada 95 vezes durante a pandemia. A mesma base de dados apontou também que 251 brasileiros receberam imunizante contra a covid no país antes mesmo da abertura da campanha nacional, em 18 de janeiro de 2021.

“Um deles tomou em 2 de junho de 1923, antes de existir vacina para a gripe espanhola [que surgiu em 1944]”, comentou Krerley.