Ex deputado afirma que entrará com representação para impugnar o vice- de Bolsonaro

O ex-deputado estadual Jair Andreoni (PRTB-SP) promete pedir a impugnação do general Mourão como vice do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Para ele, a ata que homologa o militar é inválida porque não traz sua candidatura ao Senado.

Não acredito que o ex- deputado conseguirá impugnar a indicação de Mourão, mas o fato mostra duas coisas:
01 – A falta de caráter nos dirigentes do partido

02 – Mourão não foi escolhido antecipadamente e no dia do debate quando Bolsonaro afirmou que a escolha estava entre o Janaína e o príncipe, não estava blefando.
A escolha de Mourão foi emergencial. Embora negue, ( pode ser ministro) o Príncipe caiu fora., Janaína idem.

O ex- deputado, Jair Andreoni (PRTB-SP), seria CANDIDATO AO SENADO do partido, mas após a escolha de Mourão ( feita de última hora condicionava Major Olímpio para o Senado.
Olímpio ficou na candidatura do Senado, e o ex- deputado que já tinha sido escolhido na convenção estadual para ser o candidato ao Senado, foi sumariamente excluído ( sem ser avisado previamente).. Soube na hora que chegou na convenção”

O Levy pediu que eu fosse para a convenção 15 horas, mas decidir ir mais cedo e me deparei com a cena. Foi quando Levy me disse que abririam mão da minha candidatura.”, afirmou o ex- deputado, Jair Andreoni (PRTB-SP).

Com informações do Estadão.