Ex- ministro Celso de Mello: rejeita práticas negacionistas de mentes obscurantistas e grito necrófilo

Ex- ministro Celso de Mello: rejeita práticas negacionistas de mentes obscurantistas e grito necrófilo

O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello cumprimentou o presidente da corte, Luiz Fux, por sua vacinação contra o coronavírus nesta sexta-feira, 2. O ex-decano elogiou a postura de Fux ao defender a ciência e ressaltou que, ‘na situação caótica a que foi irresponsavelmente lançado o Brasil’, a vacina significa a ‘própria exaltação da vida’.

“Parabéns por seu gesto que rejeita, de modo expressivo, aos olhos da Nação, práticas negacionistas irresponsáveis e que repudia, com a elevada autoridade do seu cargo de Chefe nominal do Poder Judiciário nacional, o grito necrófilo, desprezível e infame de mentes obscurantistas que absurdamente cultuam a morte em paradoxal detrimento da preservação da saúde e da intangibilidade da vida de nossos cidadãos”, escreveu Celso de Mello em mensagem enviada a Fux e obtida pelo

Além de Fux, outros três ministros do STF já foram vacinados – Marco Aurélio Mello, Rosa Weber e Ricardo Lewandowski. Entre os chefes de poderes, o presidente do Supremo é o primeiro a ser imunizado contra a covid-19.