Ex- prefeito de Manaus: prescrever cloroquina "é cretinice, absurdo e perversidade"

Ex- prefeito de Manaus: prescrever cloroquina "é cretinice, absurdo e perversidade"

Arthur Virgílio (PSDB-AM), ex- prefeito de Manaus, diz que fazer pressão para que a gestão municipal prescreva cloroquina é “cretinice”, “absurdo e perversidade”.

Virgilio critica Bolsonaro e Pazuello. “Não sei se ele consegue se considerar responsável pela morte de tanta gente que seguiu seus conselhos pouco ajuizados. Não sei se consegue colocar a cabeça no travesseiro. Se sim, tem algo de errado com ele. O que ele faz custa vidas e é irreparável”.