Finalmente Bolsonaro consegue vacinas para 1milhão dos 219 milhões de brasileiros

O governo da Índia liberou a exportação comercial de vacinas contra a covid-19. As primeiras remessas de doses serão enviadas para o Brasil e Marrocos nesta sexta-feira, 22, segundo declaração do secretário de Relações Exteriores do País à agência Reuters. O governo brasileiro aguarda o recebimento de 2 milhões de doses.

As doses são do imunizante contra o coronavírus desenvolvido pela Universidade de Oxford com a farmacêutica AstraZeneca e foram fabricadas no Instituto Serum da Índia, o maior produtor de vacinas do mundo e que recebe pedidos de diversos continentes.

Em nota, o Ministério da Saúde confirmou que as doses devem chegar nesta sexta-feira, no fim da tarde. “A carga vinda da Índia será transportada em voo comercial da companhia Emirates ao aeroporto de Guarulhos e, após os trâmites alfandegários, seguirá em aeronave da Azul para o aeroporto internacional Tom Jobim, no Rio de janeiro”, apontou. O presidente Jair Bolsonaro utilizou as redes sociais para informar o acordo e agradeceu ao chanceler Ernesto Araújo e ao Itamaraty pelo feito.

Em um país com 219 milhões de habitantes e considerando que cada vacinado precisa de duas doses, O GRANDE FEITO DE BOLSONARO FOI CONSEGUIR DOIS MILHÕES DE VACINAS QUE SERVEM PARA VACINAR APENAS UM DOS DUZENTOS E DEZENOVE MILHÕES DE HABITANTES