Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Governador da Bahia diz que carnaval não está garantido

Em uma postagem no Twitter nesta quarta- feira, 03/11, o governador da Bahia, declarou que gostaria de anunciar a realização do carnaval, porém, como os casos durante 45 não estão caindo, ele não poderá garantir a festa.

Vejam a postagem:

 

O governador estuda a possibilidade da realização do réveillon e do carnaval, mas isso só poderá ocorrer se ocorrer queda dos casos de Coivid. Os números reduziram, não estão crescendo, mas não há uma significativa redução. O governador afirmou:

“Vou continuar com minha cautela”, afirmou. “Sei que todo mundo está ansioso e angustiado, mas eu não anunciarei medidas que não tenham segurança de que a gente não tenha um novo surto na Bahia. No mês de março (2020) foram quase quatro mil mortos e nós não queremos a repetição disso. Não vou antecipar e me arriscar quando os números sinalizam o contrário”, disse Rui.

Comentando  sobre a decisão da prefeitura de Porto de Seguro de suspender a exigência de máscaras ao ar livre, ele disse:  “Cada gestor tem que ter a responsabilidade nas suas decisões. Bahia continua oscilando entre 2,5 e 3 mil casos ativos. Já temos 45 dias com esses números. De um lado, comemorar que não tá crescendo. Do outro, preocupação, porque o número não cai. Como não cai o número de internados na UTI, que tem girado em torno de 200 pessoas. A doença continua circulando entre os baianos. O risco e o perigo continuam”, ressaltou. “Cada um tem que assumir suas eventuais responsabilidades sobre novos surtos”.

JR