Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Governo criminoso – O maior santuário de proteção marinha do país é extinto pelo IBAMA

o maior santuário marinho do país será extinto pelo governo Bolsonaro através do IBAMA.

A BOIADA DE RICARDO SALES CONTINUA PASSANDO.

 

A extinção da zona de amortecimento (área de proteção) do Parque Nacional Marinho de Abrolhos, localizado no extremo sul baiano, tem preocupado pesquisadores e biólogos da região. O Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) pediu informações detalhadas sobre o caso.

O parque é considerado o maior santuário marinho do país. No dia 18 de março, o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Eduardo Bim, assinou uma nova portaria que anula a legislação de 2006, que estabelecia uma área de proteção em volta do parque, de 380km x 280km.

A disputa envolve interessados na exploração de um banco de petróleo e também de um empreendimento para criação de camarões em uma área de 1.500 hectares de manguezais e restingas na região do Complexo de Abrolhos.

Existem pelo menos 1.300 espécies documentadas em todo o Parque Nacional Marinho de Abrolhos, 45 delas na lista de extinção. Dentre as espécies que correm o risco de desaparecer do planeta, está a ave grazina (phaethon aethereus ). No Brasil, essa espécie só existe hoje em Abrolhos e Fernando de Noronha.
Abrolhos também abriga diversas espécies de tartarugas marinhas ameaçadas, as as espécie cabeçuda, verde e de pente. Além dessas, é possível encontrar a tartaruga-de-couro, a de mais raridade entre as espécies na região.

“As principais informações que a gente tem aqui no banco de Abrolhos são os recifes, que são compostos por espécies que só existem aqui e em nenhum outro lugar do planeta. Um acidente nessa região acaba com toda essa estrutura que demorou milhões e milhões de anos para chegar no nível que a gente está hoje”, alertou Fábio Fontes, Biólogo e pesquisador do Projeto Baleia Jubarte

O Ibama informou que a portaria é uma determinação judicial do Tribunal Regional Federal – 1ª Região, que foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), em 21 de março de 2022. De acordo com o órgão, como se trata de uma decisão judicial transitada em julgado, não cabe mais recurso. CABE SIM, RECURSO AO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL QUE É INSTÂNCIA SUPERIOR.

O Parque de Abrolhos foi o primeiro parque marinho do Brasil, criado em 1983. Ele tem uma área de 91.255 hectares e passa por faixas litorâneas das cidades baianas de Alcobaça e Caravelas.

Durante a reprodução as baleias podem ser vistas entre SP e o sul do RN, mas 70% da concentração das baleias nessa época, fica em Abrolhos