Governo da Venezuela confisca remédios e alimentos enviados pela Caritas

Alimentos doados pela Caritas, uma instituição de caridade católica foram confiscados pelo governo Venezuelano.

Os oficiais da alfândega da Venezuela confiscaram um carregamento de remédios e comida que seriam  para a população pobre do país que sofre com a falta de produtos básicos graças ao socialismo.

O governo venezuelano informou que a importação “não foi autorizada”,

A carga  que chegou em agosto ao país, continha 75.000 pacotes de remédios bem como alimentos básicos  A população está morrendo de fome e sem remédios, mas  o ditador Maduro impede que o povo receba ajuda