Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Haddad estuda ingressar com ação contra WhatsApp nos EUA

Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato da coligação “O Povo Feliz de Novo” à presidência da República nas últimas eleições, anunciou nesta quinta-feira (21) que poderá ingressar com uma ação judicial contra o WhatsApp nos Estados Unidos. O objetivo é que a empresa esclareça informações sobre a disseminação de notícias falsas durante a campanha.

Haddad participou de uma coletiva, depois da realização de uma reunião com parlamentares do PT, em Brasília. “Nesta minha viagem aos EUA, estamos avaliando entrar com ação judicial contra o WhatsApp, para que ele lá preste contas do que fez aqui, desconhecendo a jurisdição das autoridades brasileiras, em termos de transparências para as autoridades do país”, disse.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“Eles estão se negando a revelar os macrodados, para que eles possam dizer o que aconteceu nas eleições brasileiras. Quem financiou, quantas mensagens, para beneficiar quem? As redes sociais devem ser utilizadas em benefício das pessoas, não para destruir a democracia. No campo do mau uso da tecnologia da informação, temos que aprofundar o debate interno para que isso não se repita”, destacou.

Haddad aproveitou a oportunidade para confirmar que deverá defender a agenda de defesa dos direitos sociais e dos direitos civis em relação ao governo de Jair Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.