Haddad não poderá usar arrecadação de “vaquinha” virtual

A arrecadação virtual para a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva superou os R$ 500 mil, durante a “transmissão paralela” feita pelo PT, durante primeiro debate de presidenciáveis, realizado pela TV.Bandeirantes, na última quinta-feira (9/8). O dinheiro, no entanto, não poderá ser usado por Fernando Haddad, candidato a vice, caso o ex-prefeito de São Paulo venha a ser alçado à cabeça da chapa.

O dinheiro é destinado exclusivamente para o candidato condenado e preso, Lula da Silva.

Assim diz a legislação eleitoral