Hamas alerta Bolsonaro sobre mudanças na embaixada de Israel

“Rejeitamos a decisão do presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, de mover a embaixada de Tel Aviv para Jerusalém e pedimos que ele abandone sua decisão”, declarou em rede social. O Hamas, que está no poder em Gaza, é acusado de radicalismo.

Outra alta autoridade palestina, Hanane Achraoui, uma das principais vozes em Ramallah, também condenou a proposta. “Trata-se de uma medida provocadora, que é ilegal diante do direito internacional e que não faz nada mais que desestabilizar a região”, afirmou, conforme informa o Estadão.