Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Implantar parlamentarismo sem plebiscito é o novo golpe contra a democracia brasileira

https://youtu.be/mtnFEFzR2no

SE IMPLANTAREM O PARLAMENTARISMO, VAMOS FICAR NAS RUAS DE FORMA PERMANENTE ATÉ ESSA MUDANÇA CAIR.ELES ESTÃO BRINCANDO COM O PODER DO POVO.
QUEM MANTER DILMA COMO PRIMEIRA MINISTRA OU COLOCAR LULA COMO PRIMEIRO MINISTRO.
O SISTEMA FOI REJEITADO EM PLEBISCITO. E ESCOLHIDO O PRESIDENCIALISMO.
ELES DEVEM RESPEITAR A VONTADE DO POVO

PARLAMENTARISMO É O NOVO GOLPE D0 PT
NO PRÓXIMO DIA 16/03, o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), deve reconhecer a constitucionalidade de iniciativas legislativas para instituir o parlamentarismo no Brasil. O assunto foi provocado em 1997 pelo mandado de segurança nº 22972, do então deputado Jaques Wagner (PT-BA), atual ministro da Casa Civil, alegando ser inconstitucional permitir a tramitação de propostas nesse sentido, na Câmara.
O julgamento do STF coincide com a articulação do PMDB e PSDB para superar a atual crise política sem a necessidade de impeachment.
Em seu mandado de segurança, Jaques Wagner alegou que somente um plebiscito poderia alterar o sistema de governo no País. ( e ELE PEDIU PARA QUE ISSO FOSSE ALTERADO) ELE QUER MUDAR O SISTEMA SEM CONSULTA O POVO.
A proposta defendida pela cúpula do PMDB prevê a permanência de Dilma na presidência, mas com só prerrogativas de chefe de Estado.
No parlamentarismo, o chefe de governo é um primeiro-ministro, que, pela proposta do PMDB, seria eleito pelo Congresso Nacional.

NÃO SE TRATA DE APOIAR OU NÃO O PARLAMENTARISMO.  SE É OU NÃO UM BOM SISTEMA POLÍTICO.

O QUE QUESTIONAMOS:  É JUSTO E DEMOCRÁTICO, MUDAR O SISTEMA POLÍTICO DO PAÍS, SEM UM AMPLO DEBATE? SEM CONSULTAR A POPULAÇÃO BRASILEIRA?

ISSO SERIA UM DESRESPEITANDO O RESULTADO DE UM PLEBISCITO, JÁ REALIZADO, EM QUE A POPULAÇÃO ESCOLHEU O PRESIDENCIALISMO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.