Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Irmãos Miranda – O silêncio de Bolsonaro é confissão de culpa

O Senador Omar Aziz cobrou de Bolsonaro uma afirmação QUE OS IRMÃOS MIRANDA MENTIRAM.

COMO MEDO DA GRAVAÇÃO APARECER, BOLSONARO SE MANTÉM EM SILÊNCIO SOBRE O ASSUNTO.

Ao não desmentir o relato do deputado Luís Miranda, impede-se que, em não sendo verdadeiras as referenciadas informações, sejam tomadas medidas disciplinares pertinentes, porquanto é inadmissível que um parlamentar, no exercício do mandato, faça tal afirmação envolvendo o presidente da República e líder do governo”, seguem.

Aziz, Randolfe e Renan ainda afirmam que o silêncio de Bolsonaro contribui para a “execração do deputado Ricardo Barros”.

“Rogamos a Vossa Excelência que se posicione, de maneira clara, cristalina, republicana e institucional, inspirando-se no Salmo tantas vezes citado em suas declarações em jornadas pelo país: ‘Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, dizem na carta.

O envio da carta foi proposto por Renan Calheiros e mencionado por Aziz durante sessão da CPI nesta quarta. “É só uma resposta, senhor presidente. Por favor, diga para a gente que o deputado Luis Miranda é mentiroso, diga para a nação brasileira que seu líder na Câmara é um homem honesto”, afirmou o parlamentar do PSD.

Leia o documento na íntegra, clicando no link abaixo:

Requerimento para convocação de Bolsonaro