Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Janot pede o afastamento de Cunha

O Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao STF o afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara. O pedido será julgado pelo STF pelos 11 ministros.

Cunha está sendo acusado  de usar a CPI da Petrobrás para “constranger e intimidar testemunhas” de supostos de crimes de corrupção cometidos por ele.  Janot também acusa Cunha de  contratar uma  empresa de inteligência, a  Kroll para “descobrir algo” que pudesse comprometer os acordos de delação premiada firmados no âmbito da Operação Lava-Jato.

A advogada Beatriz Catta Preta  atuou na defesa de quatro delatores do esquema de corrupção da Petrobras. A PGR ressaltou que o pedido de convocação foi apresentado pelo deputado Celso Pansera (PMDB-RJ), aliado de Cunha.

“Essa aprovação (da convocação) ocorreu, curiosamente, após Julio Camargo, então cliente de Beatriz Catta Preta, prestar depoimento à Procuradoria-Geral da República, no qual revela que Eduardo Cunha recebeu parte da propina relacionada aos navios-sonda vendidos pela Sansung à Petrobras”, diz o pedido de afastamento da PGR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.