Janot revoltado porque amigos de Temer foi solto

O ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, usou sua conta no Twitter na noite deste sábado (31) para questionar o pedido enviado pelo atual comando da PGR (Procuradoria-Geral da República) ao STF (Supremo Tribunal Federal) para revogar as prisões temporárias efetuadas na operação Skala.

Na última quinta-feira (29), a operação prendeu amigos e assessores próximos do presidente Michel Temer (MDB) –entre eles, o advogado e ex-assessor José Yunes e o coronel da PM João Baptista Lima Filho.

“Não teria sido o caso então de pedir condução coercitiva ao invés de prisão?”, comentou Janot ao compartilhar uma notícia sobre o pedido da PGR. “Voltou a ser assim? E vai continuar sendo assim?”, criticou.

RESPOSTA: AS PRISÕES COERCITIVAS FORAM PROIBIDAS POR GILMAR MENDES PORQUE ESTAVAM SENDO USADAS DE FORMA ABUSIVA E RETIRANDO O DIREITO DO ACUSADO DE FICAR CALADO E NÃO PRODUZIR PROVAS CONTRA ,  NA FASE INICIAL DO PROCESSO. JANOT É DESINFORMADO.