Jovem com símbolo do nazismo planejava atentado em escola de SP

O jovem, de 17 anos, que tentou causar um atentado a duas escolas de Monte Mor, no bairro Bela Vista, nesta segunda-feira (13), escreveu uma carta que confirma o planejamento do ataque. Felizmente, ele não conseguiu invadir as unidades de ensino e ninguém se feriu.

Em um trecho da carta, o jovem chegou a escrever que “a tal Vista Alegre [nome de uma das escolas], vai ficar com uma vista triste”, remetendo ao atentado que ele causaria.

m diversos outros pontos da carta, o jovem chega a afirmar que é uma pessoa “motivada por ódio e rancor”, que vive “abandonado, sozinho, sem amigos e família e pronto para morrer”.

A motivação da tentativa do atentado e a relação do adolescente com as escolas ainda são investigadas. O jovem detido será ouvido pela polícia. O caso foi registrado na Delegacia de Monte Mor.

A Polícia Civil investiga se uma arma calibre 32, encontrada próxima às escolas que foram alvo de um atentado em Monte Mor (SP), pertence ao adolescente que jogou bombas caseiras e tentou invadir as unidades na manhã desta segunda-feira (13/2). O revólver foi encontrado com numeração raspada e seis munições.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SPP), ninguém ficou ferido durante a tentativa de atentado nas escolas. Até o momento, não há informações se ele chegou a usar ou disparar a arma.

INFORMAÇOES DA BANDNEWS/TV BANDEIRANTES