Jovem de 27 anos morre queimada para economizar gás de cozinha

Geisa Stefanini, de 32 anos, morreu nesta segunda-feira (27), após ficar 25 dias internada no Hospital Vila Penteado, na zona norte da capital paulista. A informação foi confirmada pelo IML (Instituto Médico Legal) Central. Ela teve 90% do corpo queimado após cozinhar com etanol.

A vítima foi encaminhada ao hospital no último dia 2 de setembro. Ela foi queimada após uma explosão provocada pelo etanol na casa em que morava com o filho de 7 meses, no bairro de Bussocaba, em Osasco, na Grande São Paulo.

O filho dela, Lucas Gabriel, foi levado para o Hospital das Clínicas com queimaduras em 50% do corpo. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

Tem gente morrendo de fome e tem gente morrendo de Explosões queimaduras por utilizar botijão para substituir gasolina ou álcool para cozinhar
Bozo “nada entendo de economia mas escolherei os melhores”
ELE ESCOLHEU PAULO GUEDES…..RICARDO SALES, ENTRE OUTROS “GÊNIOS”
Optimized with PageSpeed Ninja