Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Juiz absolve Temer em caso de áudio com Joesley Batista

O juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal, absolveu nesta quarta-feira (16) o ex-presidente Michel Temer (MDB) na ação em que ele respondia por obstrução da Justiça. A denúncia foi feita em 2017 pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e tomou como base uma conversa entre Temer e o empresário Joesley Batista.

No áudio, o executivo da JBS fala sobre um suposto pagamento ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB-RJ). O então presidente responde com a frase “tem que manter isso, viu?”. Na decisão, o juiz responsável afirmou que a denúncia é baseada em prova “frágil”, pois a transcrição do áudio “registra nada menos que 76 vezes o termo ‘ininteligível’ e outras 76 vezes o termo ‘descontinuidade’”.

 

A denúncia foi barrada pela Câmara dos Deputados em outubro de 2017 e teve sua tramitação suspensa até o encerramento do mandato de Temer. Se fosse admitida pela Câmara, o então presidente teria que se afastar do cargo. Somente quando o emedebista deixou a Presidência e perdeu o foro privilegiado, a acusação passou a tramitar na 12ª Vara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.