Juiz manda quebrar o sigilo telefônico de Queiroz

A pedido do Ministério Público do Rio, o juiz Flávio Itabaiana autorizou a quebra do sigilo telefônico de 29 pessoas ligadas a Flávio Bolsonaro, incluindo Fabrício Queiroz, informa a Folha.

O objetivo é verificar se ex-assessores de fato trabalhavam no antigo gabinete do senador na Alerj — a medida também vai captar dados dos últimos cinco anos da localização dos celulares.