Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Juiz que anulou processos da Lava Jato e absolveu Temer, poderá ficar com processos de Lula

O juiz da 12.ª Vara Federal do Distrito Federal, Marcus Vinícius Reis Bastos, que já anulou provas da Operação Lava Jato em caso recente pode herdar os processos envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ele é um dos quatro juízes da lista que vai conduzir as ações que resultaram na condenação do petista,A escolha de quem herdará os processos de Lula será feita por sorteio.

Bastos anulou, há exatos dois meses, as provas obtidas na Operação Carbonara Chimica, a 63.ª fase da Lava Jato, deflagrada para apurar suspeita de propina aos ex-ministros da Fazenda Antônio Palocci (governo Lula) e Guido Mantega (governos Lula e Dilma), em troca da edição de medidas provisórias favoráveis à Odebrecht.
Bastos argumentou que a operação foi determinada por juízo incompetente e, por isso, as provas deveriam ser anuladas. “Pode anular as buscas e apreensões, por exemplo”, disse ao Estadão o advogado Celso Vilardi, que atuou na ação judicial com provas anuladas por Bastos.

O ex-presidente Michel Temer também já foi absolvido pelo juiz Bastos, no caso da gravação do empresário Joesley Temer dizia em uma gravação clandestina, ilegal e não autorizada pelo STF como diz a lei “Tem que manter isso aí”. Bastos afirmou:
“A prova sobre a qual se fia a acusação é frágil e não suporta sequer o peso da justa causa para a inauguração da instrução criminal”, disse o juiz, na ocasião, arquivando o caso.

Com informações do Estadão