Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Juiz Sérgio Moro foi exonerado

Presidente do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), desembargador Thompson Flores, assinou na tarde desta sexta, 16, ato de exoneração do juiz Sérgio Moro.

Inicialmente ele pensou em se manter no cargo durante as férias…

No documento apresentado ao tribunal, Moro relata que aceitou para assumir o ministério a partir de janeiro do ano que vem e ressalta sobre as críticas de sua participação na transição enquanto ainda permanecia oficialmente como juiz federal.

“Houve quem reclamasse que eu, mesmo em férias, afastado da jurisdição e sem assumir cargo executivo, não poderia sequer participar do planejamento de ações do futuro governo”, afirmou.

“Embora a permanência na magistratura fosse relevante ao ora subscritor por permitir que seus dependentes continuassem a usufruir de cobertura previdenciária integral no caso de algum infortúnio, especialmente em contexto no qual há ameaças, não pretendo dar azo a controvérsias artificiais, já que o foco é organizar a transição e as futuras ações do Ministério da Justiça.”

O pedido será válido a partir de segunda-feira (19). Depois que o ato for publicado no Diário Oficial da União, será aberto um edital para que outro magistrado ocupe a titularidade da13ª Vara Federal em Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.