Líder dos caminhoneiros é preso em São Paulo

Em nota, Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista afirma que Alexsandro Viviani, líder do movimento de greve dos caminhoneiros no Porto de Santos, foi preso em ação violenta da Polícia;

“A Polícia Militar reprimiu violentamente, agora pouco, a greve dos caminhoneiros. Inclusive o presidente do Sindicato, Alexsandro Viviani, o Italiano, que está ao lado do diretor do Sindipetro-LP, Fábio Mello, no vídeo, foi detido. Uma repressão desproporcional e injustificada, sindicato e trabalhadores pacificamente protestavam e faziam o trabalho de convencimento para que os colegas aderissem à greve”, diz a nota divulgada pelo Sindipetro nas redes sociais.

 

O ministro Ives Gandra Martins Filho, do Tribunal Superior do Trabalho (TST) declarou nesta segunda-feira, 17, a ilegalidade da greve nacional dos petroleiros, que já dura 17 dias, alcança 21 mil trabalhadores e 121 unidades.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial