Lula tem passaporte e roupas furtados em Curitiba, diz presidente do PT

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve o passaporte, roupas e talões de cheques furtados em Curitiba, na madrugada desta terça-feira, de acordo com a presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann.

LEIA: ‘Lula está bem e tentou nos animar’, diz senadora que visitou ex-presidente

A senadora contou que o carro foi arrombado no bairro de São Francisco, próximo das imediações do diretório da sigla, na região central da capital. Segundo Gleisi, dentro do veículo havia também outros itens pessoais de Lula, como cartas escritas por eleitores, roupas de cama já lavadas, entre outros documentos. ( O Globo)

 

Gleisi não explicou por que o passaporte do preso “LULA” estava no carro onde roupas e demais foram furtados.

Conforme descrito no Boletim de Ocorrência, formalizado pela PM e encaminhado à Polícia Civil, o assessor deixou um veículo Ford/Ka estacionado para participar de uma reunião.

Ao retornar, notou que o veículo estava arrombado. Segundo o relato, foram levados um “frigobar, um telefone celular, peças de roupas e documentos do ex-presidente, dentre eles o passaporte”.