Mais um execrado pela imprensa, povo, Lava Jato, absolvido por falta de provas

O juiz federal titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, absolveu na sexta-feira, 6, o ex-secretário estadual de Saúde Sérgio Côrtes num processo que o acusava de obstrução da Justiça. Bretas afirmou que há insuficiência de provas para a condenação. Além de Côrtes, foram absolvidos o empresário Miguel Skin e Sergio Vianna Júnior, acusados pelo mesmo delito.

“Não há outro caminho a ser percorrido na análise deste caso, se não reconhecer a insuficiência de suporte probatório para a condenação dos réus por crime de obstrução à investigação de organização criminosa, por terem tentado influenciar os termos da colaboração negociada com o MPF e concertar versões dos fatos a serem apresentadas aos órgãos responsáveis pela investigação”, afirmou o juiz responsável pelos processo da Lava Jato no Rio. ( Estadão)