Mais uma mentira no currículo de Decotelli : ele não ensinou na FGV

A Fundação Getúlio Vargas negou que o ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli da Silva,
tenha sido professor ou pesquisador da instituição. Mas, em e-mails, enviados para a CNN, a professora Brigitte Wolf, da Universidade de Wüppertal, na Alemanha, disse que, por lá, ele era tido como professor da FGV.

Segundo ela, que foi orientadora de Decotelli, o hoje ministro esteve na Alemanha enquanto cumpria um período sabático na FGV. Brigitte, que está aposentada, afirmou que a FGV –“a sua universidade”, numa referência ao ex-orientando– é que deveria responder sobre a avaliação do trabalho que supervisionou.

Fonte: CNN