Maluf tem metástases por causa de câncer e trombose nas duas pernas, diz hospital.

 

“Ele está com quadro de incontinência urinária, metástase óssea na região sacral decorrente do câncer de próstata, alterações da marcha com perda de força muscular e atrofia em ambas as pernas, que confere ao paciente a condição de cadeirante”, informou o hospital no boletim médico do  Hospital Sírio Libanês.

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, incluiu na pauta de julgamento do plenário na próxima quarta-feira o habeas corpus de Maluf. O plenário vai definir se mantém ou revoga sua prisão domiciliar.