Manaus - Prefeitura é obrigada pela justiça a publicar a lista com os nomes dos vacinados.

Após a constatação de que pessoas “furaram a fila”, tendo sido vacinadas, sem estarem no grupo  determinado pelo Ministério da Saúde, A Justiça Federal no Amazonas solicitou  que a  prefeitura de Manaus publique diariamente na internet a lista com as pessoas vacinadas contra à covid-19.
A decisão da juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe atendeu a um pedido dos Ministérios Públicos e da Defensoria Pública, que entraram na Justiça após denúncias de que pessoas fora do grupo prioritário estariam furando a fila da vacinação contra o novo coronavírus em na capital do Amazonas.
Com a liminar, a secretaria de saúde municipal é obrigada a informar, até as 22h, a relação das pessoas vacinadas no dia, com CPF e profissão, além do local onde a aplicação ocorreu. A multa em caso de descumprimento é de R$100 mil diários