Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Mandetta, driblou o negacionismo da tropa de choque bolsonarista

Depoimento de Madetta foi muito sensato e equilibrado. Durante sete horas ele se manteve calmo e deu inúmeras informações para serem apuradas pela CPI. Mandetta não acusou e nem culpou ninguém, se limitou a dizer fatos.

Foram feitas perguntas imbecís pela turma de Bolsonaro, como por exemplo, ” que a vacina teve pouco tempo para ser feita”.
Sabemos que em todos os países quem que ela foi aplicada em massa, ocorreu um diminuição drástica de casos e de mortes. Aplicadas em mais de um bilhão de pessoas no mundo, demonstrou sua segurança e eficácia. Embora fabricadas em tempo recorde, as vacinas seguiram rigorosamente todos as etapas e protocolos existentes em todas as vacinas feitas. Há mais de 60 anos que os protocolos para criação de vacinas são os mesmos. E não foram puladas nenhuma etapa.

Aliados de Bolsonaro também citaram casos leigos e sem comprovação científica de curas por cloroquina e ivermectina
Eles não sabem a diferença entre um “ouvir dizer” ou de alguns pacientes terem tomado uma medicação e terem ficado curado com pesquisa científica. Mandetta argumentou que 85% das pessoas acometidas de Covid, ou são assintomáticas ou ficam curada sem nada tomarem. Se tais pessoas tomarem cloroquina ou ivermectina, tais medicações poderiam ser atribuídas como causa da cura, mas se elas nada tomasse, ficariam curadas da mesma forma.

A ciência já comprovou a ineficiência de tais medicamentos e inclusive foi constatado um aumento de mortes com o uso delas.
Entre as revelações de Mandetta, se destacam a recomendação palaciana de mudar a receita de cloroquina e a existência de assessores paralelos que faziam um aconselhamento ao presidente, contrário a ciência.

O Deputado Rogério Carvalho (PT-SE) se destacou ao dizer que as mortes de Covid foram causadas de forma intencional com o uso da teoria de imunidade de rebanho. AS PESSSOAS FORAM EXPOSTAS AO VÍRUS DE FORMA INTENCIONAL, COM A INTENÇÃO DE TODOS SE CONTAMINAREM, MORREREM ALGUNS, FICAREM IMUNUES E SALVAR A ECONOMIA.
A teoria falsa não funciona. A imunidade do rebanho só é possível com a vacinação em massa.

Jorge Roriz