Manter Decotelli é favorecer a fraude e o mal caratismo. Isso é marca Bolsonarista

Plagiar o mestrado, mentir sobre o título de doutor e inventar um pós-Doc. que não cursou ESSE É BOLSONARISTA DA GEMA. ESTÁ CONTRATADO COM GLÓRIAS BOLSONARISMO É COVIL DE PICARETAS

O presidente Jair Bolsonaro decidiu manter o professor Carlos Alberto Decotelli no Ministério da Educação (MEC), apesar dos sucessivos questionamentos ao seu currículo e do anúncio de que sua posse, prevista para esta segunda-feira, 29, tinha sido adiada.

O presidente preferiu prestigiar a prática de vida em detrimento de “detalhes formais de currículo”. Bolsonaro chegou a procurar nomes para substituir o ministro, mas decidiu dar uma chance a Decotelli após a conversa.

Pelas redes sociais, nesta segunda-feira, 29, Bolsonaro escreveu que “por inadequações curriculares o professor vem enfrentando todas as formas de deslegitimação para o Ministério.” Ele, no entanto, disse que Decotelli admitiu que errou. “O Sr. Decotelli não pretende ser um problema para a sua pasta (Governo), bem como, está ciente de seu equívoco.” Bolsonaro encerra a publicação com elogios. “Todos aqueles que conviveram com ele comprovam sua capacidade para construir uma Educação inclusiva e de oportunidades para todos.”