Marina Silva sem chances para disputa presidencial

Terceira colocada na última eleição presidencial, Marina Silva está apagada do cenário político

Após ter o registro aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral em setembro de 2015, a Rede continua sendo um partido “nanico”, e com fraco desempenho de seus candidatos nas eleições municipais do ano passado.  Possuindo apenas quatro deputados federais (todos eleitos por outros partidos em 2014), a legenda recebe por mês cerca de R$ 280 mil do Fundo Partidário.

O valor é irrisório para bancar uma candidatura com chances de eleição presidencial É pouco dinheiro para custear uma estrutura nacional.

Embora negue, o mais conhecido deputado do partido, o Mollon está insatisfeito com o isolamento de Marina Silva e poderá sair do partido.

Send a Comment

O seu endereço de email não será publicado.