Marqueteiro de Dilma foi indiciado

A Procuradoria da República denunciou o publicitário João Santana, marqueteiro das campanhas da presidente Dilma Rousseff (2010 e 2014) e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2006). Sua mulher e sócia Monica Moura também foi denunciada pelos procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato. A acusação atinge ainda o lobista Zwi Skornicki, apontado como operador de propina da Odebrecht no exterior.

Eles são acusados por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa. O juiz Sérgio Moro encaminhou nesta segunda-feira, 28, o caso para o Supremo Tribunal Federal junto com as investigações sobre o “departamento da propina” da Odebrecht para que a Corte decida quais instâncias serão responsáveis por cada investigação. ( Estadão)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.