Martha Rocha, 1ª Miss Brasil, morre aos 83 anos no Rio

Martha Rocha, 1ª Miss Brasil, morre aos 83 anos no Rio

Morreu no sábado (4), aos 83 anos, em Niterói, no Rio de Janeiro, a primeira Miss Brasil, a baiana,  Martha Rocha. A informação foi dada por um amigo nas redes socais.

Na publicação, ele contou que Martha morreu em consequência de um infarto do miocárdio, com parada respiratória.

“Embora tenha sido socorrida por um médico e encaminhada de ambulância para um hospital, não chegou à tempo”, disse

Maria Martha Hacker Rocha, Martha foi eleita a primeira Miss Brasil em junho de 1954, aos 18 anos. O concurso aconteceu no Hotel Quitandinha, em Petrópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro. Nasceu em 19 de setembro de 1936,  casada com Ronaldo Xavier de Lima, ela teve quatro filhos.

Em julho daquele mesmo ano, logo depois de chegar aos Estados Unidos, Martha tornou-se a favorita nas casas de apostas para vencer o Miss Universo. No entanto, ficou em 2º lugar, perdendo para a americana Miriam Stevenson.

Considerada por muitos anos a mulher mais bonita do Brasil, Martha foi Miss Bahia e teve três filhos, Álvaro e Carlos, com  Álvaro Piano, que a deixou viúva antes dos 23 anos, e Claudia, da união com Ronaldo Xavier de Lima.

“Em 1995, com a fuga de meu cunhado que levou  todo o meu dinheiro, superei meus problemas com suporte de meus dois filhos, duas amigas e o meu trabalho honrado, vendendo os quadros pintados por mim, e ganhando cachê para divulgar o concurso Miss Brasil.”, afirmou Martha.

Em 2015, segundo o colunista Ancelmo Gois, ela havia entrado com uma ação judicial contra a filha, Claudia Xavier de Lima por “viver na miséria depois de perder suas economias”.

Em março de 2019, aos 82 anos de idade, revelou em seu Facebook que por questões financeiras, estava vivendo num lar de idosos.

“Lamento muito a morte da ex-Miss Brasil Martha Rocha, que projetou para o mundo a beleza da Bahia. Crescemos ouvindo a história dessa ilustre baiana, símbolo de uma terra que passou a atrair os olhares do turismo mundial.”, Prefeito de Salvador, ACM Neto.

O corpo foi enterrado hoje (5) no Cemitério do Santíssimo Sacramento, em Niterói. Segundo Álvaro Piano, 63, um dos três filhos da ex-miss, ela vinha sofrendo problemas frequentes de saúde há cerca de cinco anos, desde uma cirurgia no fêmur que acarretou em uma infecção bacteriana. Martha tinha enfisema pulmonar, e já não conseguia quase se locomover nem ouvir. Pelo quadro da mãe, Álvaro disse que a morte foi um descanso para ela.