MBL prepara ação para impedir nomeação do diretor da PF e do ministro da justiça

O MBL prepara duas ações para tentar impedir as nomeações de Alexandre Ramagem como diretor-geral da Polícia Federal e de Jorge Oliveira como ministro da Justiça e da Segurança Pública.

Os nomeado é amigo íntimo do filho do presidente e a PF está investigando crimes cometidos pelos mesmos.

A alegação é de desvio de finalidade, como no caso da tentativa de nomeação de Lula por Dilma.

A REDE também entrou com uma ação semelhante, leia aqui

Segundo a jornalista Vera Magalhães, No Ministério da Justiça: Jorge Oliveira, formado em Direito há poucos anos, em faculdade sem nenhuma reputação, ex-chefe de gabinete do 03, de quem é padrinho de casamento.

Jorge Oliveira  é ex Deputado Federal e ex representante sindical da PM.