Mensalidade sindical deixou de ser obrigatória – Mas se o trabalhador quiser pagar não é proibido

No governo Temer, a Contribuição Sindical deixou de ser obrigatório MAS NÃO ESTÁ PROIBIDA.

A nota técnica nº 2/2018, diz a Folha de S. Paulo, foi assinada pelo secretário Carlos Cavalcante Lacerda, apadrinhado de Paulinho da Força.

“Sem a contribuição, pequenos sindicatos não vão sobreviver. A nota pode ser usada para os sindicatos embasarem o entendimento de que a assembleia é soberana”.

NÃO É O PRESIDENTE TEMER QUEM ESTÁ PEDINDO A VOLTA DO IMPOSTO SINDICAL

O GOVERNO NÃO MANDA NO DINHEIRO DO TRABALHADOR. NÃO É OBRIGATÓRIO
QUEM QUISER DÁ DINHEIRO PARA OS SINDICALISTAS, NÃO É PROIBIDO