Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Miltares elaboram um documento planejando ficar no poder até 2035

Os Institutos Villas Bôas, Sagres e Federalista apresentaram o seu Projeto de Nação,Milicos pretendem ficar no poder até 2035, O documento prevê que a classe média deve pagar mensalidades nas universidades públicas e pelo atendimento no SUS. A cobrança deve começar em 2025.

O projeto foi coordenado pelo general Luiz Eduardo Rocha Paiva, ex-presidente do grupo Terrorismo Nunca Mais (Ternuma), a ONG do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra. O vice presidente, general Mourão esteve presente no lançamento do documento e recebeu um exemplar

Milicos planejam continuar no poder, mantendo a ideologia bolsonarista até 2035. O documento com 95 páginas é apoiado por Mourão e pelo General Vilas Boas. Matéria exclusiva do Estadão p assinantes.

“Os generais acreditam que as salas de aula estão dominadas por esquerdistas. “Há tempos uma parcela de nossas crianças e adolescentes sofria com a ideologização do sistema educacional, com a doutrinação facciosa efetuada por professores militantes de correntes ideológicas”

A reportagem completa sobre o assunto escrita por Marcelo Godoy, está publicada no Estadão para assinantes.