Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Ministro da Justiça ou advogado do PT?

O SUJEITO QUE DIZEM SER O MINISTRO DA JUSTIÇA NÃO É MINISTRO. ELE É ADVOGADO DA QUADRILHA PETISTA. UM MINISTRO NÃO PODE SE ANTECIPAR DEFENDENDO SUSPEITOS ANTES DA TOTAL APURAÇÃO DOS FATOS (MISSÃO DA POLÍCIA E DA JUSTIÇA)
EM PAÍS SÉRIO, UM MINISTRO DA JUSTIÇA AO DEFENDER SUSPEITOS, SERIA DEMITIDO.

“Como pessoa que conhece o presidente Lula há muito tempo, eu sempre o tive como um grande líder, eu sempre o tive como uma pessoa que se comporta com absoluta lisura. Isso como testemunha de vida, e não de ministro. Eu atribuí sim, não no âmbito da investigação, mas no âmbito da política, em que há muitos setores da oposição em criar situações que atinjam a imagem de uma pessoa que foi um presidente indiscutivelmente aplaudido durante todo o período da sua gestão pelas substantivas melhoras e mudanças que empreendeu no país. Portanto há sem sombra de dúvida uma luta política em torno disso, em que setores oposicionistas tentam obviamente maximizar situações que evidentemente não podem ensejar pré-julgamentos, condenações”,AFIRMOU O “MINISTRO” DA JUSTIÇA PETRALHA, EDUARDO CARDOSO.

JORGE RORIZ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.