Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Ministro da Saúde demite militar que defende o uso de cloroquina

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, exonerou o militar Angelo Martins Denicoli do cargo de diretor do Departamento de Monitoramento e Avaliação do Sistema Único de Saúde (SUS) da pasta.

A exoneração de Denicoli é assinada pela Casa Civil e está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 7.

Nesta terça- feira (08/06), o ministro Marcelo Queiroga vai prestar outro depoimento na CPI da Covid.

Angelo Martins, defende o uso de cloroquina no tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus, apesar da ineficácia comprovada pela Ciência.

O ex-diretor da pasta chegou a publicar em suas redes sociais informação falsa, em 8 de abril do ano passado, afirmando que a FDA, órgão regulador de medicamentos americano, havia aprovado o uso da hidroxicloroquina para o tratamento de todos os casos do novo coronavírus.

Na época, o uso compassivo do medicamento chegou a ser permitido e a FDA deu apenas uma autorização para uso emergencial de produtos que tivessem cloroquina em sua composição para alguns pacientes com covid.