Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Ministro do STF suspende bloqueio de R$ 2,1 bi da Odebrecht

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello suspendeu nesta quinta-feira a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) que determinou a indisponibilidade dos bens da Odebrecht no valor de até 2,1 bilhões de reais, que correspondem ao contrato de construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

Na decisão, o ministro disse “não reconhecer a órgão administrativo, como é o Tribunal de Contas – auxiliar do Congresso Nacional no controle da Administração Pública –, poder dessa natureza”. (Informações do site da  Veja)