Moro derruba sigilo de interrogatórios de ação penal, e Odebrecht confirma que Palocci era o ‘Italiano’

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, quebrou o sigilo dos interrogatórios de uma ação penal da Lava Jato que envolve o ex-ministro Antônio Palocci, o ex-presidente do Grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e outros 13 réus, nesta quarta-feira (12).
O processo apura se Palocci recebeu propina para atuar em favor do Grupo Odebrecht, entre 2006 e o final de 2013, interferindo em decisões tomadas pelo governo federal. ( G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.