Moro pede desculpas ao MBL

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, mandou áudio a membros do MBL neste domingo, 23, dizendo que não sabe se os termos são seus, mas pedindo desculpas por tê-los chamado de “tontos” em mensagens de 2016, conforme mostrou reportagem do site The Intercept e da Folha de S. Paulo.

“Consta ali um termo que não sei se usei mesmo, acredito que não, pode ter sido adulterado, mas queria assim pedir minhas escusas, se eu eventualmente utilizei (o termo)”, disse o ministro em áudio obtido pela Coluna.

“Porque sempre respeitei o Movimento Brasil Livre, sempre agradeci o apoio que esse movimento deu, não só à Lava Jato, mas nos últimos anos, 5 anos, de avanço contra corrupção e construção de um País melhor e mais íntegro”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.