Moro: ““Tem dias que parece que a Justiça não existe”.

Ao lado do general Hamilton Mourão, celebrando o Dia Nacional da Justiça e Família em Curitiba, o ex-juiz e ministro da justiça, Sérgio Moro afirmou:

“Tem dias que parece que a Justiça não existe. Nós vemos criminosos sendo soltos, fazendo pouco da Justiça”, desabafou Moro no evento realizado no Teatro Fernanda Montenegro. Quando o petista foi solto, o ex-juiz federal foi chamado de “canalha” e “algoz”. Na época, Moro tinha respondido que “algumas pessoas só merecem ser ignoradas”.

Além disso, o ministro falou sobre ter esperanças nas prisões após a condenação em segunda instância. No início de novembro, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu contra a execução provisória de pena após o réu ser condenado.(…)
“Nós respeitamos o STF, sabemos que é uma instituição importante para a democracia, mas divergimos respeitosamente”, completou Moro.