Morre de câncer o ator Luis Gustavo

O ator Luis Gustavo, 87, morreu nesse domingo (19), após complicações de um câncer no intestino. Ele estava em tratamento contra um câncer no intestino desde 2018, motivo pelo qual havia se afastado do meio artístico. Idade e excesso de peso são considerados os principais fatores de risco para o surgimento da doença. Os principais sintomas da doença, que costuma ser mais silenciosa no começo, envolvem presença de sangue nas fezes, cólicas abdominais, mudança no hábito intestinal.

Nascido em Gotemburgo, na Suécia, era filho de um diplomata espanhol, Luis Amador Sánchez Fernández, a trabalho naquele país, e de Elena Blanco Castañera, uma espanhola de origem humilde. Luis Gustavo veio para o Brasil ainda quando criança.

Alguns de seus personagens mais marcantes foram o costureiro Ariclenes Almeida/Victor Valentin em Ti Ti Ti, o músico cego Léo em Te Contei?, e o playboy Ricardo, em Anjo Mau, todas escritas por Cassiano Gabus Mendes, e o radialista corrupto Juca Pirama, em O Salvador da Pátria, de Lauro César Muniz. Mas o personagem mais memorável do ator foi o atrapalhado detetive particular Mário Fofoca, em Elas por Elas, também de Cassiano, que depois estrelaria com este mesmo personagem um seriado homônimo e o filme As Aventuras de Mário Fofoca.

Em 1989 fez uma participação especial muito importante na novela Que Rei Sou Eu?, interpretando o pai do futebol brasileiro, Charles Muller.

Durante vários anos, Luis atuou ainda como Vanderlei Mathias, o “Vavá“, no programa humorístico dominical da Rede Globo, Sai de Baixo.

 

Optimized with PageSpeed Ninja