Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Morre o ministro do STF Teori Zavascki

RIO — O presidente Michel Temer foi informado de que o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki está na lista dos passageiros do avião que caiu nesta quinta-feira no mar próximo a Paraty, próximo a Ilha Rasa, na Costa Verde do Rio de Janeiro.

Os corpos que estavam na aeronave no momento da queda ainda não foram resgatados

Logo após o acidente o  filho do ministro  escreveu no Facebook : “rezem por um milagre”

A morte do ministro foi confirmada pelo filho dele, Francisco Zavascki

O presidente Temer terá  que indicar um novo ministro do STF.

Existe também a possibilidade da presidente do STF,  Carmen Lúcia, indicar qual será o ministro através de sorteio.

Mas a decisão de quem será o novo ministro responsável pela Lava Jato, será feita pelos demais ministros do STF ou pela segunda turma do STF, composta de cinco ministros que cuidam dos processos da Lava Jato.

Outra possibilidade seria a indicação do plenário do STF  ou a indicação da segunda turma do STF ( são cinco ministros que fazem parte das investigações da Lava Jato) para a escolha do novo ministro da Lava Jato no STF.

Quatro pessoas estavam a bordo da aeronave incluindo o ministro.

No momento da queda da aeronave chovia bastante no local.

“O falecimento do ministro Teori Zavascki é uma perda irreparável, que causa a todos nós profunda consternação. Tido por todos como um verdadeiro juiz, na mais profunda essência do cargo, o ministro cumpria um papel primordial nas investigações do maior escândalo de corrupção da história. Ao mesmo tempo em que prestamos solidariedade aos familiares, amigos e colaboradores, esperamos uma célere investigação sobre as causas do acidente.” escreveu o deputado federal, Antonio Imbassahy.

 

“Estou profundamente impactado com a tragédia que envolveu o ministro Teori e outros passageiros do mesmo voo. O Brasil tem uma grande dívida de reconhecimento e gratidão com o ministro pela forma equilibrada e responsável com que ele conduziu um dos momentos mais difíceis da história do país. Ele honrou a cadeira que ocupou na nossa mais alta Corte. Os meus profundos sentimentos às famílias de todas as vítimas.” escreveu, o senador Aécio Neves