MP do Rio quer devolução de R$ 200 milhões por superfaturamento em obras do Maracanã

O Ministério Público do Rio ajuizou ação civil pública pedindo que sejam devolvidos aos cofres do Estado cerca de R$ 200 milhões superfaturados nas obras do estádio do Maracanã, realizadas para a Copa do Mundo de 2014. Exigências no edital  favoreceran  o consórcio  vencedor, formado pelas construtoras Odebrecht, Andrade Gutierrez e Delta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.