MP pede bloqueio de R$ 3 milhões de ex-prefeito de Camaçari

Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) solicitou o bloqueio de bens do ex-prefeito e atual secretário de Camaçari, Helder Almeida, no valor de R$3 milhões a serem ressarcidos aos cofres públicos. De acordo com o site Camaçari Alerta, a ação foi protocolada nesta quarta-feira (22) pela 7ª Promotoria de Justiça.

O promotor Everardo Yunesdisse destacou que “esses atos ilegais cometidos por Helder Almeida de Souza ocasionaram um prejuízo no montante de dinheiro público, durante o ano de 2002, correspondente a R$ 3.093.876, 36 (Três milhões e noventa e três mil oitocentos e setenta e seis reais e trinta e seis centavos), a título de pagamento de obra a empresa particular, mediante a contratação por ilegal aditivo contratual, no valor superior ao permitido em Lei”. (..) “o contrato foi firmado no montante originário de R$ 3.485.998,10 (Três milhões quatrocentos e oitenta e cinco mil novecentos e noventa e oito reais e dez centavos) e, Pasmem! Foram pagos um total global de R$ 7.751.373,98 (Sete milhões setecentos e cinquenta e um mil trezentos e setenta e três reais e noventa e oito centavos)”.

Leave a Reply