Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

MP pede cancelamento de contratos com empresas que administram presídios no AM

O Ministério Público de Contas do Amazonas  protocolou nesta quarta-feira (04/01) um pedido ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para que sejam cancelados TODOS os contratos com as duas empresas que são responsáveis pela administração dos seis  presídios no estado do Amazonas.

O MP afirma que foram encontrados indícios de irregularidades nos contratos como , conflito de interesses empresariais, mau uso da verba pública,  superfaturamento  e gestão ineficaz.