Mulher de Eduardo Bolsonaro, disse que o movimento antivacina é “coisa de retardado”.

Heloísa Bolsonaro, mulher de Eduardo, o filho 03 do presidente, disse que o movimento antivacina é “coisa de retardado”.

Em resposta a um seguidor que perguntou se a filha do casal tomaria vacinas, ela respondeu no Instagram:

“Geórgia toma e tomará todas as vacinas para cada fase. Não sabia que existia um movimento antivacina, mas agora sabendo, só pode ser coisa de retardado. Depois, quando o filho tiver uma doença, quero ver ele agradecer aos pais por terem poupado ele da dor do ‘pic’. Pqp, né? Por essas e outras a gente vê a volta de doenças antes erradicadas.”

O  SOGRO DELA  (JAIR BOLSONARO) LIDERA MOVIMENTOS ANTI- VACINA

Bolsonaro dá  pouca  importância para   a vacinação dos outros,  mas  seus netos  são   vacinados.

Ela  voltou atrás

“Sobre o que falei anteriormente sobre o movimento antivacinação: errei ao emitir opinião sobre algo que, como disse, não conheço (e detesto opinião atoa). Mas agora, como mãe, eu olho para a minha filha e só penso em protegê-la, de todas as formas. Mas não sei sobre o movimento, seus argumentos. Opinei com base no que já ouvi. Se você possui suas convicções, ignore”, disse ela, em nova mensagem publicada no Instagram .